Welcome! Here you can paste sources and general debugging text, You can even set yourself a password if you want to keep it just for yourself.

Posted by Yuri on December Fri 8th 4:34 PM - Never Expires - Views: 58

  1. 1- Disserte no mínimo (100) palavras sobre o uso da força da Polícia Militar de São Paulo. (Mínimo
  2.  
  3. R; (O policial militar, independente da situação, tem que optar pelo meio em que nenhuma vida seja posta em risco, ou seja, o ''uso da força'' só é necessário se o caso agravar-se. Em caso de ânimo exaltado, o policial tem a obrigação de acalmar quaisquer partes que estejam alterados. Sempre de forma com que nem a vida do policial, nem a de outros seja posta em risco. Já em caso de DAF (Disparo de Arma de Fogo), o policial necessita prezar pela vida dos terceiros que estejam próximos aquele ambiente, nem sempre a melhor alternativa é revidar a injusta agressão sofrida, visto que existem outros meios estratégicos de conter o inimigo, de forma que os cidadãos próximos não venham a ser feridos ou mortos.)
  4.  
  5. 2- Cite uma crítica construtiva para o BATALHÃO. (Mínimo 30 palavras)
  6.  
  7. R; (Acho que o Comando Geral anda muito afastado de seus subalternos, vejo pouquíssimo contato entre Comando Geral e os praças, poderia haver uma harmonia entre nós, de forma com que todos se sentissem parte de um todo, saber que está sendo útil pra algo importante. Ultimamente o Batalhão anda muito separado.)
  8.  
  9. 3- Argumente a história de seu personagem desde a EssD até a atualidade.
  10.  
  11. R; (Formado na ESsd em 2005, cumpriu seu período obrigatório como Soldado de 2ª Classe na companhia de Rádio Patrulha, vindo a se destacar sem maiores problemas. Após cumprir seu período probatório, conseguiu estagiar e ingressar na 1°Companhia de Força Tática do 19°BPM do Estado de São Paulo, onde desenvolveu serviços como militar combatente, teve grandes aproveitamentos por causa de suas habilidades na condução da viatura, sua perícia na direção foi parabenizada pelo Comandante, que na época era o Coronel PM Julio Medeiros, Yuri também esteve sempre tratando com respeito e dignidade as pessoas de bem, e  total rigor e rigidez com criminosos. Em 2017 foi transferido por questões internas para o 21°BPM/M, onde continuou seu serviço operacional. É amigo de todos os policiais e temido por muitos criminosos. Foi responsável por grandes apreensões de drogas, reconhecimento pela sua inigualável perícia na direção durante os acompanhamentos a veículos e motocicletas.)
Language:
To highlight particular lines, prefix each line with @@




© 2018  YSblue.com.br (Implemented and Adapted) - Powered by PASTE 1.0